Páginas

quinta-feira, 29 de dezembro de 2011

Kisses

Kisses don't, no they don't, never don't lie.

Vodka Morango

Always

" till the end when we part I will give you my heart and I promise to love you with all that it is and I promise to be there whenever you need me 'cause you'll always be my best friend " ♥


Vodka Morango

22:(...)

"E quando te sentires sozinho, olha para o céu, eu estou a olhar para o mesmo céu que tu"

Vodka Morango

No matter

"No matter how hard we work at it, some wounds might never fully heal. You might have to adjust to a whole new way of living. Things may have changed too radically... to ever go back to what they were. You might not even recognize yourself. It's like you haven't even recovered anything, at all. You're a whole new person, with a whole new life."

Vodka Morango

Wrong

I'M SUFFOCATING, TELL ME WHAT THE FUCK IS WRONG WITH ME?

Vodka Morango

I pay you pay

You will pay for what you've done.
No, no more sorrow I've paid for your mistakes.

Vodka Morango

right

I can't be who you are.

Vodka Morango

goodbye

Goodbye my lover, goodbye my friend, you have been the one for me.

Vodka Morango

Here Tonight

Hey baby, when we are together, doing things that we love.
Every time you're near I feel like I’m in heaven, feeling high, I don’t want to let go, I just need you to know.
I don’t wanna run away, baby you’re the one I need tonight, no promises.
Baby, now I need to hold you tight, I just wanna die in your arms, here tonight.

Vodka Morango

quinta-feira

Eu não me esqueci de onde vim, pra onde vou. Com quem estive com quem estou. De quem fui de quem sou, nada mudou desde o dia em que tudo começou.

Vodka Morango

our way

Como é que uma caneta sem tinta traça um destino?

Vodka Morango

quarta-feira, 28 de dezembro de 2011

wound

The wound reopened and bleeds like a river.

Vodka Morango

Desistir

Porquê que insistes sempre no mesmo, sempre a abrir a mesma ferida? Não te chega de criticares-me? Não te chega de magoares e ainda te achares cheia de razão? Porquê continuas sempre a insistir em tudo, larga-nos de uma vez por todas. Sou lixo, sou merda, sou criança, então pronto, larga TUDO, mas MESMO TUDO. Eu desisti no dia em que vi que não havia volta a dar e que andava a correr atrás de algo que há muito estava acabado e perdendo todas as outras pessoas para trás, porque queria voltar a ter tudo de volta, mas abri os olhos e vi que era impossível, não dava mais. Desisti, é bom saber desistir quando não há nada mais para lutar. Acabou e vê se de uma vez por todas tu também o fazes e não voltas a abrir a ferida que ambas construímos.

Vodka Morango

Someone

Alguém em quem possas confiar sempre: Míí

Alguém com quem adoras falar: Míí

Alguém que te surpreendeu pela positiva: Inês Silva

Alguém que te irrite mas que tu até gostes : Fá

Alguém que diga o que tem a dizer: Míí e Fá

Alguém que mande as melhores bocas: Castro

Alguém que tenha a melhor gargalhada: Eu

Alguém que nunca queres perder: Míí

Alguém com quem passes muito do teu verão: Míí e Sara

Alguém que te desiludiu: Bárbara Silva

Alguém com quem adores recordar: Inês Oliveira

Alguém que goste de ter tudo na linha, senão... : Mãe

Alguém engraçado de quem gostes muito: Benny e Fá

Alguém que seja como um (a) irmã (o): Jp, Fá, Sara e Gonçalo Súbtil

Alguém convencido mas que gostes muito: Gonçalo Marinho

Alguém com quem tenhas brincado muito em pequeno/a: Inês Oliveira e Rita

Alguém que mais te abraça: Míí

Alguém de quem tenhas saudades: Catarina Vinagre

Alguém que nunca vais esquecer? Todos

Alguém tão louca como tu? Anabela Caetano


Vodka Morango

you are everything

''Aos poucos fui aprendendo que amar não chega. Contigo pensei que chegava, pensei que fugias à regra, pensei que estavas disposto a fazer tudo por mim. Foi uma ilusão que acabou neste triste fim. Tantas palavras que gastamos, «eu não vivo sem ti», «sem ti só existo», «ainda bem que eu te conheci», «tu és tudo o que eu sempre desejei», nunca ninguém percebeu como é que eu te amei.
Só damos valor às coisas depois de as perdermos, então o que é que fazemos se nunca as temos?
Quem diz que nada é perfeito não sabe da tua existência. Eu quero-te só para mim és o meu meio de sobrevivência''

Vodka Morango

Every breath

Cause when I needed a place to hang my heart, you were there to wear it from the start and with every breath of me, you'll be the only light I see.

Vodka Morango

True Story

"O valor das coisas não está no tempo que elas duram, mas na intensidade com que acontecem. Por isso, existem momentos inesquecíveis, coisas inexplicáveis e pessoas incomparáveis."

Vodka Morango

Éme

No one in this world knows me the way you know me, so you'll probably always have a spell on me.

Vodka Morango

terça-feira, 27 de dezembro de 2011

23:(...)

YOU'RE GONE FOREVER !

Vodka Morango

kuyftflouyolc

I don't wanna feel like my heart is breaking.

Vodka Morango

FIGHT

Should I fight for what is right or let it die?

Vodka Morango

A million miles away

Às vezes parece que quando estamos perto da pessoa que amamos, ela está tão distante como se estivesse a milhares de quilómetros de distância de nós, e sinceramente, nunca consegui encontrar as palavras certas para explicar isso, e fico sempre a pensar como seria se o consegui-se fazer. Seria melhor? Seria pior?

Vodka Morango

GOODBYE PAST

I'm never gonna hear your lies, so listen while I make it clear in case you didn't hear.
This time's the last time, there's no time to give it one more try, there's only time to say GOODBYE.

Vodka Morango

Rewrite the Story

Wish I could press rewind and rewrite every line to the story of me and you.

Vodka Morango

segunda-feira, 26 de dezembro de 2011

Final Goodbye

Before we turn out the lights and close our eyes
I'll tell you a secret I've held all my life
It's you that I live for, and for you I die
So I'll lay here with you till the final goodbye

Vodka Morango

26.12.2011

Não há nada melhor que o pôr-do-sol à beira mar, melhor, só tendo alguém para abraçar.

Vodka Morango

quarta-feira, 21 de dezembro de 2011

All I ask of you.

Let me be your shelter,
Let me be your light
You're safe - no one will find you
Your fears are far behind you...
All I want is freedom,
A world with no more night
And you always beside me
To hold me and to hide me...
Then say you'll share with me
One love, one lifetime
Let me lead you from your solitude
Say you need me with you
Here, beside you
Anywhere you go, let me go too...

Vodka Morango

merda.

És uma merda, é o que maior parte das vezes ouço quando fiz algo de errado, ou algo que não foi apropriado. Só o facto de dizerem que sou uma MERDA, magoa. Magoa mesmo. Magoa ainda mais quando vem da parte das pessoas que amas.

Vodka Morango

Ce qui rest de moi.

Essaie de garder cette sensation. Parce que si tu la laisses s’en aller.. Tu l'as perds à jamais.

Vodka Morango

Correr o mundo.

tantas coisas que quero fazer.
Eu
quero voar durante horas e não ter problemas de não ser capaz de alcançar o meu objectivo. Sim, eu queria ir numa viagem com a mochila às costas e viver um monte de coisas, ver o mundo, para descobrir quem eu sou, para saber de que é que eu realmente gosto, fazer coisas, experimentar coisas novas e ficar longe de tudo, durante algum tempo.
Como eu
ficaria feliz em correr mundo fora sem nenhuma preocupação.
Às vezes eu pergunto-me qual será a sensação de correr o mundo?


Vodka Morango

terça-feira, 20 de dezembro de 2011

parou.

De tanto bater o meu coração parou.

Vodka Morango

22:(...)

Indirectas para quê? Para nada.

Vodka Morango

yes, it's true.

In your arms all the darkness is illuminated, all the loneliness goes away, the fear loses its meaning, and I finally feel at home.
And even then, what I really feel when you hold me remains unaccountable. ♥


Vodka Morango

22:02

You've yet to remember "sadness"
Just now began to grasp "pain"
Even the feelings I held onto for you
Are just now changing into words
As you awaken from the dream of an unknown world
Spread your wings and take off.






(Só porque é bonita)
Vodka Morango

Reflexões

Porquê que as coisas são tão estranhas? Porquê que tudo o que nos rodeia parece estar a extinguir-se ou a ficar sem razão de existir? Porquê que nunca sabemos como reagir a coisas menos boas? Porquê que nunca existe respostas para as perguntas mais complicadas? Porquê que maior parte das vezes as coisas acontecem de uma maneira inesperada? Porquê que tantas vezes parece que estou a viver um sonho? Porquê que tenho medo de viver esse mesmo sonho? Porque que às vezes só me apetece adormecer e nada fazer mais? Porquê que tantas vezes me dá uma enorme vontade de ir correr debaixo da chuva, por muito doente que fique? Porquê que a vida está sempre em mudança? Porquê que existem só altos e baixos? Porquê que nos magoamos tanto? Porquê que odiamos? Porquê que amamos? Porquê que temos medo? Porquê que nunca nada é como imaginamos? Porquê que é tão difícil de se viver e de agradar a tudo e todos? Porquê? Porquê? Porquê?

Vodka Morango

segunda-feira, 19 de dezembro de 2011

2525252525

Then I fell asleep and I float inside of you and it's just another dream but it's never true.
And as I walked to nowhere, I swam in depression, I really loved you.
This is my last stupid confession and as I faint inside my soul.
I feel I'm getting cold, wake me, say it..
SAY YOU'LL STAY HERE !

Vodka Morango

(...)

On avait beau se promettre l'impossible. Je suis morte aujourd'hui une photo à la main, à moitié déchirée ; une photo de nous, de notre passé.

Vodka Morango

Pourquoi?

Pourquoi j'ai peur ? Peur de t'avouer mes sentiments, des sentiments que j'éprouve déjà depuis bien longtemps.. Pourquoi j'ai peur ? Peur de faire le premier pas, le pas qui changera peut-être ce que tu éprouves pour moi.. Pourquoi ? Pourquoi j'ai peur ? Peut-être parce que tu es la seule personne qui compte pour moi, la seule personne qui a toujours été là et la seule et unique personne qui me comprends et qui fait en sorte que je sois heureuse tout le temps.. ♥

Vodka Morango

terça-feira, 6 de dezembro de 2011

árduo

Gostava de me conseguir exprimir através das palavras, mas neste momento é das tarefas mais árduas que alguma vez me atravessou à frente.


Vodka Morango

quinta-feira, 1 de dezembro de 2011

Sentimento de Falta

Já não me reconheço.
Gostava de voltar ao antigamente, a sentir que não me fugias da mão, que não havia praticamente mais nada para além dos nossos corpos unidos, como um único ser. Tenho receio que nada disto volte, tenho ainda mais receio de acabar por te ver a escapar-me por entre os meus dedos e eu não pode fazer nada para o impedir.
Há dias assim, que sentimos falta de muita coisa. E para mim esses dias tem-se prolongado durante bastante tempo.

Vodka Morango